Pesquisar este blog

quinta-feira, fevereiro 25, 2016

MG - Publicada resolução que orienta sobre organização e funcionamento de centros e núcleos da rede estadual na área de educação de surdos

Documentos foi publicado no Diário Oficial de Minas Gerais de hoje 25 de Fevereiro de 2016

A rede estadual de ensino de Minas Gerais conta com cinco Centros de Capacitação de Profissionais da Educação e de Atendimento às Pessoas com Surdez (CAS) e dois Núcleos de Capacitação e Apoio Pedagógico às Escolas de Educação Básica. Para orientar sobre a organização e o funcionamento desses espaços, foi publicada no Diário Oficial de Minas Gerais desta quinta-feira (25/02) a Resolução SEE 2.903, de 24 de fevereiro de 2016.

Localizados nas cidades de Belo Horizonte, Montes Claros, Varginha, Uberaba e Diamantina, os CAS têm por objetivo trabalhar propostas para a educação de surdos. Eles trabalham no aspecto da formação pedagógica dos alunos e dos profissionais, oferecendo cursos de Libras; de Língua Portuguesa, como segunda língua, para estudantes surdos, profissionais de educação e regentes de turma, entre outros. Neles também, são produzidos materiais didáticos acessíveis ao estudante surdo como vídeos didáticos em língua de sinais, textos adaptados, mapas e jogos pedagógicos adaptados, além da capacitação de professores de Atendimento Educacional Especializado (AEE).

Já os Núcleos de Capacitação e Apoio Pedagógico às Escolas de Educação Básica estão localizados nas cidades de Januária e Governador Valadares. Eles têm por objetivo oferecer curso de Libras para capacitar profissionais da Educação Básica das redes públicas na oferta do ensino adequado às necessidades específicas dos estudantes com surdez e deficiência auditiva e para o Atendimento Educacional Especializado (AEE).

Segundo a Resolução, a Diretoria de Educação Especial da Secretaria de Estado de Educação deverá estabelecer e orientar sobre as diretrizes técnico-pedagógicas, analisar e aprovar o Plano Anual de Trabalho dos CAS e dos Núcleos de Capacitação e Apoio Pedagógico às Escolas de Educação Básica. Já às Superintendências Regionais de Ensino (SREs) e às escolas compete analisar a demanda a ser atendida para estabelecer as equipes de trabalho de cada CAS e cada Núcleo, em observância ao Plano de Trabalho Anual e à legislação de pessoal vigente.

Confira na Resolução as orientações para a escolha dos educadores

Centros e Núcleos de Apoio Pedagógico à Pessoas com Deficiência Visual

A resolução que dispõe sobre a organização e funcionamento dos Centros e Núcleos de Apoio Pedagógico à Pessoas com Deficiência Visual da rede estadual mineira foi publicada no mês de janeiro. Os centros e núcleos destinam-se ao oferecimento de recursos específicos quanto à produção e distribuição de materiais didático-pedagógicos, capacitação de profissionais das escolas para orientação às escolas públicas que possuem alunos com quadros de cegueira, baixa visão e surdocegueira, além da avaliação funcional da visão dos alunos com baixa visão. Eles estão localizados nos municípios de Patos de Minas, Montes Claros, Uberaba e Belo Horizonte.

Confira aqui a Resolução SEE 2897, de 19 de janeiro de 2016
 
FONTE: SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS

Nenhum comentário:

Postagens populares